História

NOSSA HISTÓRIA

No ano de 1934, abre-se uma página na história da Educação Adventista da União Sudeste Brasileira – USeB. Surgia no cenário educacional um novo colégio concebido a partir de anseios e princípios ético-cristãos.

O desejo da execução do projeto era tão ardente, que o mesmo antes de encontrar e adquirir o espaço físico, em 31 de agosto de 1938, a administração da então UEB, elegeu o primeiro diretor da “escola”. PastorJhonHardt.

Eleito o pastor Hardt, se empenhou na compra do terreno, localizado a 80 km da cidade do Rio de Janeiro e a 24 km do centro de Petrópolis, no vale florido e verdejante da Serra do Mar, a 846 m de altitude, com 35 hectares e com um dos melhores climas do país.

Em 21 de maio de 1939, foi colocada a pedra fundamental do primeiro edifício, que serviu de abrigo a toda família colegial passando mais tarde a ser o residencial feminino até o ano de 2001.

Inicialmente o IPAE recebeu o nome de Instituto Educacional e Agrícola de Petrópolis – (IEAP). Ao ser criado o curso teológico o colégio passou a ser conhecido por Instituto Teológico Adventista (ITA).

O Primeiro professor foi Pastor João Bork e sua esposa Rosa Bork e este, o quarto diretor da escola.

Ainda em 1939, chegaram os primeiros alunos. Entre eles Arnoldo Aniehs, José Luduvice, Antônio Matheus, Emília Tersch, Fanny Slegmiller e Leontino Ramalho, estes seguidos pelos professores Hilda Silva, Walter Brown, ElimHermanson (cuidava do curso primário na época).

Em 1940, os rapazes foram instalados no residencial com apenas paredes e teto que com a chuva molhava os pertences. Desanimados, alguns alunos pensaram em desistir. Mas no sábado pela manhã o pastor John H.Bochn, apresentou uma mensagem motivadora ilustrando por tipos de malas (de couro e de papelão). No apelo disse: e vocês que tipo são? De couro ou de papelão?  Assim levantou o ânimo  dos alunos que enfrentaram o problema e venceram.

Nos fins de 1941, sob a direção do pastor W. J. Brown, as obras dos residenciais, masculino e feminino foram concluídas.

No ano de 1950 o curso ginasial foi oficializado pelo Professor Waldemar Groechel e logo em seguida foi extinto o curso de teológico. Tal decisão apontou para a mudança do nome do colégio de ITA para IPE – Instituto Petropolitano de Ensino, que mais tarde sofreria acréscimo, mediante o voto da organização superior, de Adventistas em todas instituições da igreja, passando assim para Instituto PetropolitanoAdventista de Ensino – IPAE.

A partir de 1974 iniciou-se uma fase de melhorias nas instalações físicas da  escola: Construção do residencial de professores, salas de aulas, laboratório de química/biologia, poço artesiano, restaurante, ampliação do residencial masculino, piscina, padaria.

E assim o IPAE nos seus anos de existência oferece um ensino de qualidade, desenvolve em seus alunos o senso do dever, compromisso e responsabilidade e se propõe formar homens e mulheres de sucesso, que contribuam positivamente com a sociedade onde vivem e que sejam restaurados a imagem do seu Criador.